Templates da Lua

Perfil

Nome : Baby San
Idade: 23 aninhos
MSN: samanta.oliveiraz@hotmail.com E-Mail: samanta.oliveiraz@gmail.com



Não me dêem fórmulas certas. Porque eu não espero acertar sempre... Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser o que não sou. Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentiras. Não sei voar com os pés no chão... Sou sempre a mesma pessoa. Mas com certeza não serei a mesma sempre!...

Blogs amigos


Movies
Fotos Artísticas
Parada
Oi Torpedos
Melodia Home Page
Vestidos de Noiva
Etc...

Sites legais

Portfolio
ZURA!
Templates da Lua
Eliana Printes

Etc

Conteúdo aqui

Créditos

Templates da Lua - templates para blogs
Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?

Arquivos


sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Bom foi conversando com algumas amigas que surgiu a questão. Como seria a forma mais gostosa de fazer?
Antes de qualquer coisa deve-se gostar da coisa, se não, nada anda.

Diferente da mulher, com o homem não existem muitos pré-requisito, mas tb não é só cair de boca. O ideal é procurar não passar o dente pois se trata de um lugar sensível... umas mordidinha valem, mas bem de leve, enquanto se está chupando a mão pode estar estimulando o pênis.

Faça movimento circulares com a língua na cabeça do pênis.

Para encrementar o processo vc pode ultilizar... (dica de amigas)
- Gêlo (intercale o chupar do gêlo com o pênis)
- Mocinha de chocolate
- Halls

Quando o ele estiver quase lá, pare de chupar o pênis ee passe para a virilha e isso o deixará ainda mais excitado - isso pode ser feito tb durante a penetração, o importante é não deixá-lo gozar se vc ainda quizer se satisfazer com uma boa transa -em segida pode partir pra cima e repita isso ainda umas 2 vezes ele ficará tão doido que na hora H explodirá.

BOA SORTE...

Marcadores:


postado por Samanta Oliveira às 10:31

Realmente, houve um qüiproquó sobre isso aí. Desta feita, vamos esclarecer: este Manual foi publicado pela primeira vez em julho de 2006 (*). Ele dá dicas para o sexo oral, não para lambidinhas descompromissadas.
De lá pra cá, foi aperfeiçoado, corrigido, editado, alguns palavrões foram substituídos por eufemismos teoricamente humorísticos e assim por diante. Vamoquevamo:

Prólogo
É a preliminar da preliminar. Não adianta cair de boca com sede ao pote. Tudo tem um começo, até mesmo a chupada. Obviamente, há casos em que a voracidade é necessária. Tudo depende do clima.
Mas, se houver tempo e contexto, é bom começar devagar, sem qualquer pressa, dando beijos na virilha, no umbigo etc. Sempre que possível, olhando nos olhos da garota.
E o sexo é 'oral', mas as mãos não devem ficar paradas. Nesse comecinho, o ideal é acariciar as pernas dela, sem muita frescura (mas também sem muita força). Exatamente aquele meio-termo que fica entre o 'carinho bobo' e a 'pegada violenta'.
Depois dos beijos nas regiões próximas, é hora de chegar aonde se deve chupar. Cada garota gosta de um jeito: lambidas, chupadas, mordidinhas. Comece sempre do 'mais fraco' (lambida) e depois vá para o 'mais forte' (mordiscada). Não chega mordendo porque a chance de dar errado é altíssima.
Por mais que algumas garotas gostem de mordidas, meu conselho é o de nunca morder. Nunca. Deixa que ela peça. Se ela não pedir, não morda. Porque uma mordida, pra quem não gosta, pode estragar tudo.
Entrementes
Essa é a hora da chupada ficar mais forte. Uma boa dica é chupar direto o clitóris e lambê-lo ao mesmo tempo em que é sugado. As sensações se somam e o efeito é duplamente bacana para a mulher.
Algumas preferem lambidas circulares, outras preferem lambidas de cima a baixo etc. Como descobrir o certo? Tendo muita sensibilidade. Mas muuuuuuita, mesmo. É preciso saber captar os sinais para entender o que está agradando.
Quando a chupada se torna mais forte, é legal usar também os dedos. O ideal é introduzir um dedo na vagina sem parar de chupar. E nada de enfiar dedos onde eles não foram chamados! Algumas adoram, mas outras odeiam e, de novo, como no caso da mordida, é melhor pecar pela falta do que pelo excesso.
Uma vez acertando o jeito, e chupando com vontade (usando também o dedo), ela com certeza vai gozar. O ideal é não ter pressa.
O segredo de fazer um bom sexo oral é, antes de tudo, gostar da coisa. E ela vai saber se você gosta ou se está fingindo. Mulher é bem mais sensível do que homem, não podemos nos esquecer disso. Elas percebem tudo, nós é que não percebemos direito as coisas e, por isso, precisamos de atenção redobrada.
Epílogo
O fim é um começo, porque, afinal de contas, o que acabou foi apenas a preliminar. Ela gozou, deve estar relativamente desfalecida, mas mulheres não são como homens. Nós, quando gozamos, enfraquecemo-nos muito. Elas, não.
Por isso, não perca tanto tempo assim para a penetração. Nada de ficar com denguinhos e chamegos intermináveis. Faça com que a gozada no sexo oral sirva de impulso para outra gozada na penetração.
Ela já estará excitada, maluca e você terá todas as condições para se segurar numa boa, antes dela gozar.
Porque, todos sabemos, na ordem dos orgasmos prevalece a regra da etiqueta: primeiro as damas.
Posições
Claro que o leque é variado. Em geral, a chupada consiste no cara caindo em cima da garota. Então vejamos algumas das várias posições:
Tradicional
Grande clássico: mulher embaixo, homem por cima.
Frango Assado
Como a tradicional, mas o homem segura as pernas da mulher bem abertas e, em geral, levanta seu (dela) corpo, pondo as pernas por cima de seus (dele) ombros.
De Quatro
A mulher de quatro (de preferência rebolando) e o homem ali fazendo a festa (ok, ela também fará a festa, pode apostar).
De Bruços
Auto-explicativa, não?
Facesitting
A mulher sentada na cara do homem. Pode ser de frente ou de costas. É mais usada no mundo da dominação, mas é perfeitamente aplicável em qualquer contexto.
Ajoelhado
O homem ajoelha, a mulher fica em pé, e é chupada assim mesmo, estando 'por cima'. Parece um pouco com a do 'facesitting', e pode ser feita "de frente" ou "de costas" para o camarada.

postado por Samanta Oliveira às 10:15

quinta-feira, 6 de novembro de 2008



Recebi ume-mail hoje sobre beijo, na realidade era um video antigo de um beijo... Aff, dá até vontade de beijar..., fui no YOUTUBE e vi um monte de casalsinho filmando seus beijos e colocando lá, cheguei a uma conclusão vou filmar o meu tb e postar nesta porra... kkkkkkkkkkkkkk

Aproveitando o momento vamos saber um pouco mais sobre este encontro de linguas delicioso.

Segundo os especialistas, o beijo é responsável por reações agradáveis, porque ao beijar o ser humano libera neurotransmissores (substâncias químicas que transmitem mensagens ao corpo), provocando um estado de leveza física e emocional.

O beijo, para muitos é um ato simples. No entanto, segundo o sexólogo Luís Carlos Weyne, “beijar é uma expressão afetiva sexual muito forte, pois a boca tem terminações nervosas capazes de transmitir sensação de bem-estar e prazer”.

Weyne diz também que o beijo é um termômetro do relacionamento. “O beijo é um gesto de muita intimidade. Quando um casal deixa de se beijar é sinal de que a relação começou a esfriar”, avisa. Outros benefícios causados por essa manifestação de carinho são a movimentação de 29 músculos (sendo 17 linguais) e a aceleração dos batimentos cardíacos, que podem aumentar de 70 para 150, melhorando a oxigenação do sangue.

Apesar de trazer tantos benefícios, o beijo também pode transmitir bactérias e vírus, ocasionando doenças. Segundo a infectologista Roberta Santos Silva, as principais doenças são herpes labial (infecção que se instala no organismo de forma latente), hepatite A (enfermidade que ataca o fígado), citomegalovirose (infecção que provoca mal-estar, estado gripal e ínguas) e mononucleose (os principais sintomas são febre e aumento dos gânglios localizados no pescoço).

Mesmo sabendo dessas doenças, as pessoas não deixam de beijar. Assim, Weyne as aconselha a conhecerem melhor seus parceiros, antes de beijá-los. “Nessa moda de ficar, muitos jovens beijam várias pessoas numa noite só, sem saber quais são os hábitos de higiene do seu parceiro. Assim, se aumenta a possibilidade da transmissão de doenças”, explica.

É isso aee, minha gente vamos pensar um pouquinho antes de ficar enfiando a boca em qualquer lugar... uhauhauhauhuaha

postado por Samanta Oliveira às 11:55

Embora muitas pessoas achem que aquele líquido, com aspecto, não muito agradável não sirva pra NADA!!!

Saibam que estão muito enganados.

Basicamente na composição do esperma encontramos os espermatozóides, que são os gametas masculinos, o líquido da próstata que contém Na, K, Ca, Zn, Mg, ácido cítrico e proteínas, e o líquido da vesícula seminal, fonte de energia para os espermatozóides constituído por frutose, fosfatos, nitrogênio não protéico, cloretos, colina e prostaglandinas. Calcula-se que numa ejaculação média sejam liberados 4 centímetros cúbicos de esperma, pesando aproximadamente 4 gramas e, contendo cerca de 35 calorias, proteínas e gorduras.
Não há mal algum em engoli-lo, desde que ele esteja isento de agentes contaminantes, principalmente de doenças sexualmente transmissíveis. Aliás, mais do que engolir há quem defenda a terapia do sêmen. Também chamada Semeterapia, é baseada na ingestão regular de esperma. O sêmen por ser rico em proteínas, açúcares, e outros elementos é comparável a geléia real, com a grande vantagem de que os compostos sendo de origem humana são imediatamente assimilados e indicados perfeitamente para necessidades do corpo.
Os defensores dessa terapia (é óbvios que devem ser todos HOMENS) afirmam que são inúmeras as virtudes da ingestão de esperma, tais como ser antidepressivo, ansiolítico, energético, estimulante do sistema imunológico, além de levar à longevidade. O sêmen pode ser engolido durante o sexo oral ou então coletado e misturado ao suco de frutas e bebido imediatamente. Os maiores benefícios são obtidos com o líquido fresco. Mas pode ser conservado no refrigerador, em recipiente de vidro fechado, por no máximo 12 horas (mas quem vai querer este "leitinho" gelado?).
Para quem desejar seguir a semeterapia é aconselhável a ingestão uma ou duas vezes na semana. Antes de começar a terapia é essencial conhecer a saúde do doador, fazendo alguns exames de sangue para descartar possíveis doenças como hepatite, HIV, etc.
Algumas pessoas apreciam o sabor do esperma, a maioria no entanto considera desagradável seu gosto forte que pode ser obstáculo para tirar do sexo oral um maior prazer. Além do sabor, outros fatores importantes são consistência e volume. Como o suor, saliva e urina, o esperma também é afetado pelos alimentos que ingerimos e isso pode alterar o cheiro, sabor e consistência, isso vale também para os líquidos vaginais. A consistência do sêmen é relacionada aos líquidos, proteínas, e aminoácidos nele contidos. Álcool, cigarros, drogas podem interferir negativamente, má alimentação e pouca ingestão de líquidos podem diminuir o volume de esperma.

Mas e aí? Vai uma Semeterapia???

postado por Samanta Oliveira às 11:39